Astroneto – Dança no Espaço

Neto Machado, Jorge Alencar e TANTO - criações compartilhadas (BA)

Conectivos Críticos

Goethe-Institut

20 de agosto (domingo), 15h | Entrada franca

Voltado para o público infantil, “Astroneto – Dança no Espaço” é uma coreografia de papel ou um tutorial analógico que não ensina passos de dança, mas estimula o movimento.

Depois de perder-se em um buraco negro e vagar a esmo, Astroneto descobre que sua espaçonave pode ser movida a… dança. Sua energia vem do movimento. Coreocombustível: tão sustentável quanto comovente. Com Astroneto, as crianças-leitoras-dançarinas transitam por fabulosos universos, experimentando diversas corporalidades e relações com o tempo e o espaço, sempre em contato com noções como diferença e singularidade.

O livro é uma caixa preta cheia de surpresas composta de um diário de bordo e planetas dobráveis que brilham no escuro (do quarto ou de um buraco negro). Basta alimentar esse conteúdo com luz!
Astroneto é para ser lido com o corpo inteiro.

A pesquisa para esta criação foi desenvolvida nos seguintes contextos: residência artística no Akademie Schloss Solitude (Stuttgart – Alemanha) e projeto “Móbile”, contemplado pelo Edital de Apoio a Grupos e Coletivos Culturais 2014, com apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda, Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB) e Secretaria de Cultura da Bahia.

QUEM É
Neto Machado e Jorge Alencar (Bahia/Mundão) são um casal de artistas que cria com dança, teatro, audiovisual, comunicação, curadoria, escrita e educação. Alguns dos diversos frutos dessa parceria são: “Pinta” (longa-metragem), “Desastro” (peça de dança) e “Astroneto – Dança no Espaço” (livro infantil). Mais informações: www.netomachado.com e www.jorgealencar.com.br.

TANTO – criações compartilhadas é o encontro entre três amigos – Daniel Sabóia, Patricia Almeida e Fábio Steque – e as suas produções nos campos criativos da arquitetura, urbanismo, design gráfico, design de objeto/mobiliário, fotografia e artes visuais. Com graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), o trio atua em colaboração desde 2011.